Dentista Pessoa Física ou Jurídica. Qual a melhor opção?

Olá Doutores e Doutoras! Tudo bem? Você chegou aqui querendo saber se vale a pena um dentista ser pessoa física ou pessoa jurídica, mas fica tranquilo, além de sair daqui com uma ideia clara sobre isso, irei te ajudar com dicas importantes para seu consultório odontológico ou sua clínica.

Se está chegando agora na Soluzione, muito prazer, eu sou Altair Alves, sócio fundador da empresa, e temos um serviços de contabilidade especializado em clínicas odontológicas que vem colaborando com centenas de clientes em todo o Brasil e ajudando aos dentistas, rentabilizarem melhor seu trabalho.

O dentista atuando como pessoa física ou jurídica, o foco precisa ser o resultado. Conheci muitos profissionais que não tinham o rendimento que precisam, não pela questão de atuação física ou jurídica, mas sim por falta de gestão e habilidades para vendas e controle financeiro.

Outro ponto é a mentabilidade, tem profissionais que ainda me perguntam: Dentista por ser MEI ? Esse tipo de tributação, é para quem recebe até R$ 81.000,00 no ano, com isso, o valor não paga uma boa estrutura para atendimento.

Antes de entrar para falar da diferença do dentista pessoa física x pessoa jurídica, preciso te orientar que não podemos pensar em fazer comparações corretas, se você não emitir recibo para todos os seus serviços. Comparando a tributação da pessoa física, sempre será mais cara que a jurídica. Agora se compararmos oficialmente, ser dentista pessoa jurídica, pode ser muito melhor.

Eu tenho mas detalhes importantes para te falar sobre como você pode atuar com sua clínica odontológico ou seu consultório de forma eficiente.

Mas a resposta para a escolha para definir se o dentista deve ser pessoa física ou pessoa jurídica é a seguinte: Principalmente tributária.

Pelo nossos cálculos, como pessoa física, você precisa ter despesas dedutíveis no seu livro caixa para definir a escolha, mas acima de R$ 5.000,00 por mês, já deve pensar. Sei que o valor é muito baixo, mas será necessário pois na pessoa física, a receita está cobrando INSS sobre o valor do faturamento com alíquota de 20%. Sendo assim, só de INSS já pagaria R$ 1.000,0

Antes dessa questão da cobrança da Receita Federal, nós indicávamos apenas valor acima de R$ 10.000,00

Vamos falar mais sobre isso abaixo e trazer alguns vídeos sobre o tema, agora se não quer perder tempo, pode falar direto com nossa equipe e contar sua necessidade que iremos te ajudar.

Dentista pessoa física x Jurídica ( O Contador )

Precisamos falar que sua escolha, precisa ser baseada em números. Muitos dentistas que não entenderam a importância de contabilidade na odontologia, acabam demorando mais para terem resultados. Ser empreendedor não é fácil.

Tem horas que queria falar de impostos e tributação da sua clínica sem falar sobre a importância do contador, mas se você não tem uma contabilidade interna, você precisa terceirizar a contabilidade contratando um escritório de contabilidade, mas deve ser um escritório contábil especializado em consultórios odontológicos.

Tem como você reduzir a carga tributária de forma legal, mas para ter certeza disso, apenas um especialista vai garantir, mas isso não é o mais importante agora.

Para um contador analisar os números da sua empresa e principalmente a lucratividade da sua clínica odontológica, ele precisa entender da sua operação. Não adianta falar apenas que você não deve sonegar impostos, ele precisa te ajudar a vender mais e definir quais são os serviços que tem a maior margem de contribuição para seu lucro.

Por isso no momento que for  trocar de contador, você precisa saber de o escritório escolhido, entende bem sobre contabilidade e gestão de clínicas e consultórios.

Infelizmente, durante muitos anos, o contador ficou focado em atender as obrigações do governo e ficava sem tempo de apoiar o dentista nesse sentido. Mas não é apenas falta de tempo, as vezes os honorários para esse apoio, custava caro pela questão técnica envolvida.

Mas agora com a contabilidade digital, ficou mais fácil. A tecnologia e sistemas integrados, ajudam no processo  de integração entre a contabilidade e sua clínica odontológica. Se você ainda manda papel para seu contador, esse processo não vai acontecer de forma rápida.

Precisamos diminuir o tempo gasto com burocracia e focar no que realmente importa que é seu crescimento e lucratividade. Nós já mudamos a gestão de centenas de Dentistas como você. Chega de desorganização, chega de perder dinheiro e principalmente, chega de não ter controle completo das finanças do seu consultório.

Definição para o Dentista Pessoa Física ou  jurídica

Todas as licenças que você precisa obter para funcionar seu consultório odontológico, precisam na pessoa física ou jurídica. Alguns convênios odontológicos, exigem para realizar a adesão, que o dentista tenha um pessoa jurídica.

Eu particularmente não vejo com bons olhos alguns convênios odontológicos, pelo preço praticado. O ideal para o crescimento da sua clínica odontológica é você crescer com capacidade própria e não com indicação apenas do convênio. Mas tudo isso depende do seu foco e do público alvo do seu consultório odontológico.

Pensando na questão tributária, nós escrevemos um artigo que você pode ler aqui em nosso site falando da melhor tributação para consultórios odontológicos. Mas como falamos acima, o melhor caminho na maioria dos casos, é ser realmente um dentista pessoa jurídica.

Vamos ver um vídeo sobre o tema.

Conclusão

Procure uma empresa de contabilidade e gestão de clínicas odontológicas que realmente vai te ajudar a organizar suas questões financeiras e crescer.

Não perde tempo tentando focar em coisas que não domina. Pensa que uma boa contabilidade, vai te ajudar a crescer e ter resultado.

Aqui na Soluzione contabilidade , nós acreditamos que os dentistas precisam de ajuda, e contadores e consultores especializados são a solução.

Vamos conversa e deixa a gente te ajuda.

Forte abraço.