Montar clínica de fonoaudiologia

Respondendo Dúvidas sobre Montar uma Clínica de Fonoaudiologia

O mercado para os profissionais que querem montar uma clínica de fonoaudiologia cresce cada vez mais. Uma pesquisa feita pelo Escritório de Estatísticas Trabalhistas dos EUA esclarece que a fonoaudiologia é uma das áreas mais promissoras e que crescerá 34% até 2022.

No entanto, se você quer abrir uma empresa de fonoaudiologia, é necessário ter conhecimento legal e tributário para que não corra riscos burocráticos e financeiros. Por conta disso, ter um contador ou um serviço de contabilidade é o primeiro passo para você começar seu negócio com garantia de retorno financeiro.

E, para mostrar a importância de um bom serviço contábil, a Soluzione Contábil respondeu as principais dúvidas sobre como você pode abrir uma empresa de fonoaudiologia. Confira abaixo!

 

É Importante ter o auxílio de um Contador para a abertura da clínica de fonoaudiologia?

É comum ao montar uma clínica de fonoaudiologia, os profissionais se depararem com processos complexos. É a hora mais importante para o futuro da empresa, pois uma vez que as decisões não forem adequadas, a clínica pode sofrer sérios prejuízos a longo prazo.

Devido a isso, antes de começar o processo de abertura da sua clínica de fonoaudiologia, procure um contador ou um serviço contábil qualificado. Ele irá decidir junto a você sobre as melhores alternativas, de acordo com seus objetivos.

A seguir, confira agora os passos mais importantes para montar sua clínica de fonoaudiologia:

 

Pessoa Física ou Pessoa Jurídica, de qual forma atuar?

A forma jurídica é uma das questões mais importantes para se tratar antes de fazer a abertura da sua clínica de fonoaudiologia.

Na pessoa física, sua tributação poderá ser de até 27,5%, dependendo de seus rendimentos. Além disso, você também pode deduzir algumas despesas operacionais em seu carnê leão, antes de declarar seus rendimentos anuais a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF). Esse modelo jurídico é indicado para profissionais com baixos faturamentos.

Já na Pessoa Jurídica, existem 3 regimes tributários disponíveis para a Clínica de Fonoaudiologia, são eles: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

Fonoaudiologia, qual regime tributário optar? Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real?

Em muitos consultórios de fonoaudiologia, é comum o regime tributário ser o responsável pelas enormes despesas e prejuízos financeiros. O motivo, é por conta que cada um deles possuem diferenças significativas. Vamos esclarecer sobre cada um deles:

Simples Nacional é um regime de tributação adequado para pequenas empresas, pois o optante poderá faturar até R$4,8 milhões por ano. Caso suas despesas trabalhistas forem maiores que 28%, você terá uma tributação inicial de 6%, conforme anexo III do programa, devido ao fator “r”:

Anexo III Simples Nacional

Entretanto, é importante ressaltar que, se seus gastos com mão-de-obra forem inferiores a 28%, você será tributado de acordo com o anexo V, com uma alíquota inicial de 15,5%.

No Lucro Presumido, há uma tabela fixa que estabelece a tributação de acordo com sua atividade. Além disso, o percentual de tributos federais será de 11,33%, e os tributos municipais podem variar de 2% a 5% dependendo da alíquota de ISS de seu município.

Por fim, no Lucro Real, a tributação se baseia em seu lucro líquido anual. Por conta da sua complexidade e alíquotas elevadas, o regime não é adequado para os pequenos consultórios.

Entretanto, para se fazer a escolha correta do enquadramento tributário, é necessário a verificação de um serviço especializado em contabilidade para clínicas de fonoaudiologia.

 

Qual local mais adequado para montar uma clínica de fonoaudiologia?

A escolha do local é de extrema importância, pois vai ser uma das principais referências para você atrair seus clientes. Pensando nisso, a clínica deve se posicionar em uma área de fácil acesso ao público-alvo e que incentive a sua divulgação.

Também é preciso fazer uma consulta prévia na sua prefeitura local para avaliar se o local escolhido será autorizado para sua clínica funcionar normalmente.

 

Preciso do Contrato Social e do Alvará de Funcionamento?

Após verificado o local para montar sua clínica de fonoaudiologia, apenas quem irá atuar como pessoa jurídica precisa de Contrato Social. Esse documento irá delimitar as obrigações do sócio perante a empresa e dos outros sócios. No entanto, caso a natureza jurídica escolhida não seja uma Sociedade, o documento de constituição será outro. No caso da Eireli (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada), por exemplo, o documento será o Ato Constitutivo.

E, sobre o Alvará de Funcionamento, tanto para os profissionais que atuam de forma autônoma, como para os que atuam como pessoa jurídica, a retirada do documento é obrigatória, pois vai permitir que seu consultório esteja apto a funcionar normalmente.

 

Há registro em algum conselho?

Para regularizar sua clínica, é necessário se registrar no Conselho Regional de Fonoaudiologia (Crefono), um requisito previsto por lei para autônomos e empresas.

Por último, também há o registro no CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos da Saúde), e o Cadastro na Vigilância Sanitária, onde você poderá retirar o Alvará da vigilância sanitária.

A Soluzione Contábil é um escritório de contabilidade que faz todos esses processos para você reduzir os custos de montar sua clínica de fonoaudiologia. Somos uma equipe especializada no ramo e conhecemos a fundo os melhores processos para você abrir sua empresa com facilidade!

Se tiver dúvidas, entre em contato conosco.