Montar escritório de advocacia

Passo a Passo para Montar seu Escritório de Advocacia

Administrar uma empresa é algo que exige um grande esforço físico e mental, não é mesmo? Entretanto, muitas vezes, essa dificuldade é resultado de um processo de abertura mal executado.

O mesmo ocorre com um escritório de advocacia, que por sua vez, possui particularidades fiscais e legais que precisam ser bem analisadas. Por conta disso, o auxílio de um contador para abrir um escritório de advocacia é a melhor alternativa – e a mais segura –, principalmente quando se trata de redução dos custos e tributos.

E no post de hoje, a Soluzione Contábil elaborou quatro dicas simples e relevantes para você que quer abrir seu escritório de advocacia. Continue lendo!

 

1. Tenha um contador qualificado

A primeira coisa e a mais importante a se fazer, antes mesmo de começar a pensar nas questões técnicas da abertura do escritório de advocacia, é ter o auxílio de um contador para passar a você todas as informações necessárias.

Ele mostrará dados e perspectivas reais dos custos e investimentos, além disso, isso também pode te ajudar a tomar as melhores as decisões gerais da empresa. Aqui na Soluzione Contábil, temos conhecimento e a especialização necessária para que você possa montar seu escritório de advocacia com muito mais facilidade!

 

2. Defina o local do escritório

Mesmo se os serviços prestados do seu escritório forem de ótima qualidade, não irão alcançar ninguém, caso esteja no lugar errado. Por essa razão, a localização do espaço físico é um dos fatores-chave para atrair clientes.

Para planejar o melhor lugar, verifique quais são seus concorrentes próximos e analise se eles vão impactar ou não seu escritório. Além disso, também é necessário passar por uma avaliação na prefeitura, para conferir se o local está apto para você realizar suas atividades sem problemas. Se ele for aprovado na prefeitura, é hora de definir sua tributação.

Confira abaixo qual a melhor tributação para seu escritório de advocacia!

 

3. Tributação

Um bom planejamento tributário favorece qualquer advogado que pretende reduzir seus custos e impostos. No entanto, ao montar um escritório de advocacia, muitos acabam ignorando essa parte e passando por sérios prejuízos no futuro.

Vamos ver a seguir quais as diferentes opções de tributar os impostos de um escritório de advocacia:

Pessoa jurídica x Pessoa física

Se você quer montar seu escritório de advocacia, deverá escolher entre atuar na pessoa física ou pessoa jurídica. Na pessoa física, seus impostos podem chegar até 27,5%, dependendo do seu rendimento anual. A boa notícia, é que você também pode deduzir algumas despesas operacionais em seu carnê leão.

Na pessoa jurídica, é possível escolher entre um dos regimes de tributação disponíveis para o escritório de advocacia, são eles: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

Enquadramento Tributário para Escritório de Advocacia

Outro fator que impacta na quantidade e percentuais de tributos é o seu regime tributário.

Como mencionamos, o escritório de advocacia pessoa jurídica tem três opções de regime tributário a escolher: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

Simples Nacional

No simples nacional, os tributos são unificados, diminuindo um pouco a burocracia. A tributação será conforme o anexo IV do Simples Nacional, iniciando com uma alíquota de 4,5% e aumentando acordo com seu faturamento. Observe as alíquotas do respectivo Anexo:

Anexo IV Simples Nacional

Lucro Presumido

No Lucro Presumido, cada imposto é pago separadamente e a alíquota tem um percentual fixo sobre o faturamento. Veja abaixo as alíquotas do Lucro Presumido:

Lucro Presumido

Lucro Real

No Lucro Real, a tributação é feita com base no lucro líquido da empresa. Entretanto, por conta da sua complexidade e alta carga tributária, é recomendada apenas para empresas de grande porte.

Para entender melhor sobre os regimes de tributação, separamos um vídeo simples com informações relevantes. Confira abaixo:

 

4. Iniciando o processo de montar o escritório de advocacia em 5 passos

Para iniciar a abertura do seu escritório de advocacia, há alguns procedimentos importantes que devem ser feitos. Quer saber quais são eles? Então veja a seguir!

1° passo: Elabore seu contrato social e protocole o documento junto a uma OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) da sua região.

2° Passo: Registre sua sociedade na Receita Federal do Brasil para obter o CNPJ.

3° Passo: Agora, compareça na prefeitura municipal para solicitar o Alvará de Funcionamento.

4° Passo: Cadastre sua empresa e seus sócios na Previdência Social (INSS).

5° Passo: Solicite a Nota Fiscal Eletrônica.

Pronto, a empresa está apta para funcionar legalmente. Se você tiver mais alguma dúvida sobre o assunto, conte conosco. Nós vamos orientá-lo! A Soluzione Contábil é um escritório de contabilidade especializado no ramo de advocacia, com sólida experiência em abertura de empresa para que você possa tornar seu sonho realidade!