Contabilidade para afiliados – Como regularizar as vendas do afiliado digital e reduzir a tributação

Contabilidade para afiliados - imagem de afiliado digital com notebook anunciando no marketing de afiliados
O QUE VOCÊ VAI CONHECER NESSE CONTEÚDO?

contabilidade para afiliados é um assunto que costuma gerar muitas dúvidas entre aqueles que empreendem neste segmento.

Será mesmo que o afiliado digital precisa de CNPJ e de contador especialista? Como funciona e quais são os serviços prestados por uma contabilidade especializada em afiliados digitais?

Acompanhe este conteúdo até o final para encontrar respostas, esclarecer todas as suas dúvidas sobre o tema e conferir os benefícios que uma assessoria contábil especializada em marketing de afiliados pode oferecer.

No entanto, caso prefira, você também pode entrar em contato direto com um dos nossos especialistas, clicando em um dos botões apresentados abaixo:

Sobre o marketing de afiliados: o que faz um afiliado digital?

Para começar, precisamos entender o que é marketing de afiliados e o que faz um afiliado digital. Apesar da profissão estar em alta, muitas pessoas ainda não sabem quais são as atividades desenvolvidas por este tipo de profissional.

Diante disso, convém explicar que o afiliado digital trabalha como uma espécie de representante de vendas de produtos digitais, como cursos e ebooks.

Basicamente, quem decide trabalhar como afiliado, auxilia na divulgação de determinados produtos digitais e recebe uma comissão por cada venda originada a partir das suas indicações.

Esse modelo ficou bastante conhecido, através de plataformas de conteúdo digital como a Hotmart, a Eduzz e a Monetizze, cuja função é cuidar da intermediação entre produtores de conteúdos digitais, afiliados e compradores.

O que é e como funciona uma plataforma de afiliados digitais como a Hotmart?

Hotmart é uma das mais conhecidas e renomadas plataformas de afiliados digitais e infoprodutos do mercado brasileiro.

Seu papel consiste basicamente em intermediar as transações entre os diferentes atores que compõem o mercado de produtos digitais.

Veja como funciona:

  • Infoprodutores: Produzem cursos online e ebooks e em seguida anunciam os mesmos na Hotmart e em outras plataformas do segmento.
  • Afiliados: Solicitam afiliação aos infoprodutos disponíveis nestas plataformas, recebem um link e começam um trabalho de divulgação.

Por fim, a cada venda realizada através do link de indicação do afiliado, o mesmo recebe uma comissão.

Cabe à Hotmart, como intermediadora, destinar ao produtor e ao afiliado a parcela de participação de cada parte na venda.

O valor do comissionamento pago, é definido previamente e configurado pelo produtor digital nas configurações da plataforma.

Contabilidade para afiliados: vale a pena ser pessoa física ou pessoa jurídica?

Quando o assunto é a contabilidade para afiliados, muitos se perguntam: vale a pena ser pessoa física ou é melhor ser pessoa jurídica?

Na prática, muitos acreditam que afiliados digitais não precisam de CNPJ, no entanto, este é um pensamento equivocado e que coloca o empreendedor em situação de risco, perante o fisco.

Ao atuar como pessoa física, ou seja, sem abrir um CNPJ, se faz necessário recolher mensalmente o IRPF (Imposto de Renda), por meio do Carnê Leão, observadas as seguintes alíquotas de contribuição:

Base de cálculo

Alíquota

Parcela a deduzir

Até 2.112,00

Isento

Isento

De 2.112,01 até 2.826,65

7,50%

R$ 158,40

De 2.826,66 até 3.751,05

15%

R$ 370,40

De 3.751,06 até 4.664,68

22,50%

R$ 651,73

Acima de 4.664,68

27,50%

R$ 884,96

O afiliado que não possui CNPJ, não preenche o Carnê-Leão e não recolhe o Imposto de Renda sobre seus rendimentos, pode ser multado e além disso, responder por crime de sonegação fiscal, assumindo suas consequências.

Isso acontece também com o Social Media. Inclusive nós temos um serviços de contabilidade para social media se for esse o seu caso.

Por que contratar uma contabilidade para afiliados digitais?

Ao contratar uma contabilidade especializada em afiliados digitais, o afiliado fica tranquilo em relação às suas responsabilidades perante o fisco e tem acesso a uma série de serviços e benefícios, incluindo:

  • Acesso à emissão de notas fiscais;
  • Apuração e cálculo de impostos;
  • Economia no pagamento de impostos;
  • Entrega de todas as obrigações acessórias exigidas pelo fisco;
  • Orientação na abertura de empresa e escolha do regime tributário;
  • Assessoria para alavancar e expandir os seus negócios.

Quem contrata uma contabilidade para afiliados não fica sujeito a risco, recebe todas as orientações que precisa, fica em dia com o fisco e toma as melhores decisões.

Entendendo a tributação de um afiliado: como reduzir os impostos?

Você já sabe que o afiliado que trabalha como pessoa física precisa contribuir para o Imposto de Renda, cuja alíquota é elevada e pode chegar a 27,50% ao mês.

No entanto, o que nem todos sabem é que ao abrir um CNPJ, é possível garantir uma boa economia no pagamento de impostos.

No regime tributário do Simples Nacional, por exemplo, a tributação para afiliados pode iniciar em apenas 6% ao mês e no Lucro Presumido em 13,33%.

Sendo assim, é possível concluir que ao abrir um CNPJ, quem trabalha no mercado de afiliados pode garantir uma boa economia no pagamento de impostos.

Por falar em regime tributário, é importante que você conheça o CNAE relacionado ao trabalho do afiliado:

  • 7490-01/04 – Atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliários.

A vinculação do CNAE correto ao CNPJ, é fundamental para que seja possível garantir uma boa economia de impostos.

Como funciona o fator no Simples Nacional para afiliados?

O afiliado digital podia pagar seus impostos com o CNAE de promoção de vendas, o que dava direito de ser MEI e ter uma redução de impostos.

Porém, como o mercado digital ainda é novo, o governo vem fazendo alterações relevantes, com o passar do tempo.

Com isso, foi estabelecido o novo CNAE para afiliados, onde a partir de então, essa atividade do marketing digital, passou a tributar no anexo V do Simples Nacional, com uma alíquota a partir de 15,5% sobre o faturamento.

Mas há uma forma de reduzir essa tributação, que é com a regra do fator R, onde o afiliado pode pagar a partir de 6% no anexo III do Simples Nacional.

Para entrar na regra do fator R para afiliados, é necessário que as despesas com folha de pagamento e pró-labore, sejam superiores a 28% do faturamento nos últimos 12 meses.

Para saber se a sua empresa vai entrar no fator R do Simples Nacional, é só seguir a fórmula abaixo:

Fator R = Folha de Pagamento / Receita Bruta

Exemplo:

Fator R = R$ 10.000,00 / R$ 50.000 = 0,2 ou 20% (< 28%) = Anexo V do Simples Nacional

Fator R = R$ 15.000,00 / R$ 50.000 = 0,3 ou 30% (> 28%) = Anexo III do Simples Nacional

Fizemos dois cálculos simples para mostrar como um simples ajuste na folha de pagamento ou pró-labore pode te ajudar a pagar menos impostos.

Mas não se engane, por mais simples que pareça, conte sempre com o apoio de uma contabilidade especializada em negócios digitais para se certificar que a sua empresa vai pagar o menor imposto.

Um contador especializado em marketing digital irá fazer um bom planejamento tributário e te ajudar a decidir se vale a pena o Simples Nacional ou o Lucro Presumido para sua empresa de marketing de afiliados.

Como emitir nota fiscal para afiliados digitais?

De acordo com a legislação em vigor, o afiliado deve emitir notas fiscais de prestação de serviços para o infoprodutor sempre que receber uma comissão pelas suas vendas.

Esse tipo de nota fiscal, regulariza a operação do ponto de vista fiscal, evitando que qualquer uma das partes seja intimada pelo fisco a prestar esclarecimentos ou autuada.

No entanto, para que o empreendedor consiga emitir suas notas fiscais, ele precisa de uma assessoria contábil que o ajude a obter o CNPJ e também a autorização para emitir notas do tipo NFSe.

Ainda assim, no caso do volume de vendas de produtos digitais ser muito alto, acaba não sendo viável emitir as notas fiscais manualmente.

Sendo assim, é recomendável a contratação de um sistema de emissão de notas fiscais como a eNotas e a Notazz, por exemplo.

Esses sistemas, após contratados e configurados, emitem automaticamente as notas fiscais a cada venda realizada e torna o processo bem mais simples.

Como abrir empresa e contratar uma contabilidade para afiliados?

Pensando em abrir uma empresa ou procurando uma contabilidade para afiliados? Conheça a Soluzione e os nossos serviços em contabilidade digital.

Aqui, você que empreende no mercado digital, tem acesso a tudo o que precisa para abrir CNPJ para afiliados digitais de forma simples e descomplicada, mantendo todas as suas obrigações em dia com o fisco e garantindo economia no pagamento de impostos.

Para saber mais e solicitar a abertura da sua empresa, clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco, agora mesmo!

Orçamento em
3 passos

Preencha o formulário
e fale com um especialista

ÚLTIMOS POSTS

SUA SOLICITAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

Novo logo Tamanho Grande

FALE AGORA COM  NOSSOS CONSULTORES

*ESPERE*

VOCÊ PRECISA PAGAR MENOS IMPOSTOS E ORGANIZAR A SUA EMPRESA!
Deixe a gente te ajudar!

ORÇAMENTO EM
3 SIMPLES PASSOS

SUA SOLICITAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

Novo logo Tamanho Grande

FALE AGORA COM  NOSSOS CONSULTORES

SUA SOLICITAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

Um consultor entrará em contato via Whatsapp, assim que receber a mensagem. Obrigado!

O treinamento Empresário Inquebrável foi desenvolvido pensando no Pequeno e Médio empreendedor que ainda não consegue dominar todas as áreas do empreendedorismo.