Olá empreendedor! que bom saber o que você é músico e está querendo entender como abrir uma escola de música. Pode ser que você não é músico, mas um empreendedor que percebeu uma oportunidade para empreender com a música. Além de ganhar muito dinheiro, pode impactar positivamente a vida de muitas pessoas através da música formando novos profissionais.

Para montar sua escola de música, você precisa definir as aulas que vai disponibilizar para o seu público. Você pode começar pelos instrumentos que você domina, mas é importante ter as aulas mais procuradas pelo seu público alvo.

Normalmente os mais procurados são os cursos de teclado , violão , guitarra, Bateria , e alguns instrumentos clássicos como violino , violoncelo e também a família de saxofones.

Um ponto importante é começar pequeno com poucas aulas,  para você sentir seu público alvo e a demanda que você tem. Principalmente se você tiver pouco capital de giro.

Nos primeiros meses o ideal é você focar nos cursos que tem mais popularidade e mais estabilidade para que possa crescer sem a necessidade de um grande investimento capital de giro para contratar novos professores.

Uma dica importante é falar com o contador para escolher a melhor forma de contratação para esses professores, pois a maioria irá disponibilizar no início poucas horas de aula.

Plano de negócio para montar sua escola de música

No Brasil muitos empreendedores querem abrir a sua empresa sem fazer o planejamento inicial, e é por isso que 20% das empresas fecham no primeiro ano e 70% fecham em 5 anos de existência.

Conhecendo essa estatística, você precisa fazer um plano de viabilidade da sua escola de música.

Vamos falar dos principais pontos que você precisa observar num momento de abrir escolas de música.

Quais serão seus custos fixos? Os custos fixos são aqueles que você vai pagar independente do faturamento como:  aluguel, energia elétrica, funcionários, entre outros.

Dentro do seu plano para montar sua escola de música, você precisa ter claro o custo que você vai ter com local , quantidade de funcionários, Tempo disponível para as aulas, a capacidade produtiva considerando o seu tempo e dos professores e principalmente os valores cobrados por hora aula dos seus clientes.

Não esqueça de contemplar o valor dos professores com todos os encargos.  Depois de tudo isso , incluir os impostos e margem de lucro desejada e definir seu preço de venda que será cobrado do seu cliente para entender se será lucrativa sua escola de música.

Público Alvo para escola de música

Quando você vai montar um negócio, você precisa ter em mente para quem você vai vender o seu serviço ou seu produto. Percebemos que quanto mais especialista você for, mas valor você tem. Por isso é necessário definir um foco para sua escola de música.

Algumas escolas preferem focar só em crianças , outras em adultos e idosos e tem aquelas que focam apenas nas aulas , sem definir o público alvo por idade.

Normalmente mais adolescentes buscam aprender a música, também é bem comum os pais incentivarem as crianças aprenderem a música, algumas escolas fazem convênios com escolas de música para oferecer esse benefício aos alunos.

Uma dica importante é você buscar entender claramente a necessidade do seu público alvo e preparar a sua escola de música para atender essas demandas.

Abertura de empresa para Escola de Música

Após definir o seu plano de negócio é o público alvo, chegou a hora se você formalizar a escola de música fazendo um processo de abertura de empresa.

Nesse ponto você pode contratar um contador especializado, uma empresa de contabilidade que entenda escola de música.

Nós temos contadores em todo o Brasil para te ajudar nesse processo de abertura de empresa, mas vamos as dicas sobre o processo.

1º Passo – Viabilidade – para iniciar abertura , você precisa definir se o local desejado para montar a sua escola de música é liberado pela prefeitura da sua cidade para o exercício de uma atividade comercial.

Atualmente a lei da liberdade econômica, trouxe a possibilidade de você abrir a sua escola de música em um endereço residencial.

Precisa ter atenção apenas se morar em um condomínio pois a convenção pode proibir de abrir CNPJ no local.

2º Passo – Registro nos órgãos competentes – Após a realização da consulta prévia de viabilidade, você pode iniciar abertura da empresa. Sua empresa deve ser registrada na junta comercial do seu estado ou no cartório de pessoas jurídicas dependendo do tipo de empresa que você vai abrir. Após esse registro,  você já pode registrar seu CNPJ na receita federal e em  seguida na prefeitura para fazer a inscrição e licença de funcionamento para a sua escola de música. Com a nova lei da liberdade econômica , não é necessário alvará de funcionamento para atividades consideradas de baixo risco e a escola de música estar nessa lista.

Documentos Necessários para abrir uma escola de música

Para realizar a abertura das escolas de música, temos uma lista de documentos bem simples que precisamos para a elaboração do contrato social e arquivamento de registro nos órgãos competentes.

  1. Cópia Autenticada do RG e CPF dos sócios
  2. IPTU do imóvel (mesmo que seja da residência dos sócios)
  3. Contrato de locação ou autorização de uso do imóvel
  4. Consulta prévia de uso do solo
  5. Comprovante de endereço dos sócios
  6. Se for estrangeiro, visto permanente em caso de administrador da empresa.

Qual o melhor local para abrir sua escola de música?

Agora que já falamos sobre o plano de negócios, a viabilidade para abertura da empresa, os documentos necessários,  precisamos  falar da escolha do local para montar a escola de música.

O local precisa ser de fácil acesso e principalmente próximo ao seu público alvo. Se seu público alvo são crianças e jovens, o ideal é sua escola esteja localizada próximo as instituições de ensino e grandes condomínios residenciais.

Pensa que todas as vezes que as crianças forem as aulas,  seus pais terão que acompanhá-las, por isso a escolha do local é extremamente importante para o sucesso da sua escola de música.

Estrutura e equipamentos para montar a escola

É normal quando o empreendedor inicia o seu negócio, ele investir na infra-estrutura necessária pra ter um bom ambiente para os seus clientes , mas nem sempre é necessário você colocar a maior parte do capital ou praticamente todo seu capital de giro na estrutura.

Você deve iniciar com uma estrutura de acordo a demanda de alunos  e deixar a maior parte dos investimentos para compra de equipamentos que serão usados para as aulas.

Basicamente você precisa de uma pequena recepção, uma área administrativa, banheiros e  as salas de aula.

Os equipamentos para mobiliar e decorar a sua escola de música, devem ser baseado em seus alunos ou seja , no seu público alvo.

Os instrumentos de música para as aulas, devem ser de acordo a grade de aulas disponíveis.

Acontece que o empreendedor pode acabar investindo dinheiro em instrumentos que tem pouca demanda para aula.

Quando você tiver a demanda de aula para um instrumento raro, pode ser melhor não atender esse aluno e focar onde você tem mais demanda. Isso vai ajudar você a otimizar os seus recursos financeiros.

O que fazer depois que montar a escola de música ?

Sei que você é um músico e ama ensinar, mas agora vai precisar aprender sobre gestão de empresa. O maior desafio para o empreendedor que ama o que faz , e ter que enfrentar a parte administrativas do negócio, principalmente a gestão financeira. Nós temos uma proposta muito bacana para proprietários de escolas de música que é nosso serviço de terceirização na gestão financeira, que realiza todo o trabalho em tempo real levando informações relevantes para que você tome as melhores decisões e tenha muito sucesso com a sua escola de música.

Também nós temos assessoria contábil completa para cuidar da contabilidade , da parte tributária é fiscal e na parte trabalhista incluindo folha de pagamento e seus benefícios.

Somos parceiros do canal Gerando Empreendedores no You Tube e  atuamos de forma consultiva te ajudando a crescer e a organizar sua escola.