Soluzione Contábil

Planejamento Tributário

planejamento tributário

Planejamento Tributário é essencial para todos os empreendedores que buscam a lucratividade, bem como a redução de impostos. Muitas micro e pequenas empresas estão pagando impostos desnecessários. Isso acontece porque não conhecem a legislação e não têm uma assessoria qualificada nesta área.

Ao iniciar seu negócio, muitas vezes o empreendedor não leva em consideração os impostos que terá que pagar. Também pode acontecer de, por falta de conhecimento, inscrever sua empresa em um regime tributário errado. A classificação da atividade ou atividades realizadas em conjunto também podem acabar gerando prejuízo no pagamento de impostos.

A boa notícia é que o empreendedor não está nessa sozinho. Para não correr esses riscos, ele pode contar com uma empresa de contabilidade para realizar um planejamento tributário estratégico. O foco desse serviço é a redução legal de impostos.

A redução tributária pode garantir a lucratividade de sua empresa. Nesse texto, você tem mais informações a respeito dos impostos que as empresas precisam pagar. Também confere os regimes tributários brasileiros. Confira!

Quais são os impostos que uma empresa deve pagar?

Para que uma empresa possa funcionar no Brasil, é necessário que o empreendedor arque com alguns tributos. Há diversos tributos federais, estaduais e municipais, mas nem todas as empresas são obrigadas a pagarem todos.

Assim, surge a dúvida: quanto uma empresa paga de impostos no Brasil? O tamanho da empresa e o regime tributário, que falaremos mais abaixo, influenciam nesse valor. Porém, há pelo menos sete impostos comuns a todas as empresas. Vamos falar sobre alguns deles.

Impostos Federais

  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) – O cálculo desse tributo é feito com base na renda bruta da empresa. O valor não está relacionado ao tamanho ou ao regime tributário da empresa. O IPRJ pode ser declarado uma vez por ano ou trimestralmente;
  • Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) – Cobrado sobre produtos industrializados, tanto nacionais quanto estrangeiros. Os produtores, importadores e vendedores de produtos devem pagar esse tributo;
  • Contribuição para o Programa de Integração Social (PIS) – Esta contribuição tributária é destinada aos colaboradores das empresas ou funcionários de órgãos governamentais. O dinheiro recolhido é destinado ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). É dele que saem os recursos para benefícios como seguro-desemprego e abono salarial;
  • Contribuição Social sobre o Faturamento das Empresas (COFINS) – Por meio desse tributo, as empresas contribuem com esferas básicas da seguridade social brasileira. O valor arrecadado é investido em saúde pública e em outros programas de assistência social.

Impostos Estaduais

  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) – Cobrado quando um produto ou serviço circula entre cidades ou estados. Também quando a circulação acontece de pessoa jurídica a pessoa física. Serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação também devem arcar com esse tributo.

Impostos Municipais

  • Imposto Sobre Serviços (de qualquer natureza) (ISS) – Destinado aos prestadores de serviço, tanto empresas quanto autônomos. Seu valor é determinado pelas prefeituras e varia entre as atividades e os tipos de empresas. Confira nosso vídeo sobre esse imposto.

Contribuições Previdenciárias

  • INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) – Esse tributo garante benefícios como a aposentadoria aos cidadãos brasileiros. Ele é calculado com base na receita bruta e na folha de pagamentos.

É necessário que o empreendedor conheça todos os tributos com os quais precisará arcar. A partir de então, poderá incluí-los no planejamento financeiro de sua operação. Conte com especialistas que o auxiliarão a realizar um planejamento detalhado.

Como o planejamento Tributário reduz impostos?

Você sabia que sua empresa pode estar pagando mais impostos do que deveria? Há diversos fatores que influenciam no valor dos impostos que sua empresa irá pagar. Questões societárias e os diferentes regimes tributários podem influenciar para que as empresas paguem mais ou menos impostos. O planejamento tributário prevê todos esses fatores.

Se ficar com alguma dúvida sobre as questões tributárias, fale com um de nossos especialistas. Ficaremos muito felizes em auxiliá-lo com essas questões.

Questões societárias

O primeiro fator que influencia no valor dos tributos a serem pagos são as questões societárias. Questões determinadas e registradas no contrato social no momento da abertura da empresa podem influenciar no valor dos impostos a serem pagos. A natureza jurídica em que a empresa está classificada e outras questões societárias são algumas dessas informações.

Por isso, é importante contar com o auxílio de um contador desde a abertura da empresa. Esse profissional o ajudará a organizar a questão societária. Também instruirá quanto à melhor forma de montar o contrato social. Isso para que sua empresa não corra o risco de pagar mais impostos do que o devido.

Qual é o melhor Regime Tributário para minha empresa?

Você pode correr o risco de sua empresa estar inscrita no regime tributário errado. Mas, você sabe exatamente o que é regime tributário? São as regras que determinam os valores dos impostos que as empresas devem pagar.

De acordo com a lei brasileira, as empresas podem tributar em um dos três regimes: Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido.

No momento da abertura do negócio, o empreendedor precisa escolher em qual desses três regimes tributários inscrever sua empresa. Caso faça a escolha errada, poderá acabando mais impostos do que o necessário.

A boa notícia é que se isso acontecer, a classificação pode ser alterada no mês de janeiro do próximo ano. Com a escolha correta, o empreendedor pode ter um regime tributário mais leve para sua empresa.

O Planejamento é essencial

O planejamento tributário é essencial para descobrir o melhor regime tributário para sua empresa. Para empresas que estão iniciando, esse planejamento é feito com base na previsão de tributos para o ano seguinte.

Para isso, são levadas em conta informações sobre o ano fiscal em relação ao mercado e outras informações do próprio negócio.

Para empresas já estabelecidas, a base é o histórico dos últimos 12 meses. Esse planejamento é realizado entre os meses de novembro e dezembro. Assim, se houver necessidade de mudança de regime, isso poderá ser feito em janeiro.

Cada regime tributário possui regras específicas de enquadramento. Abaixo, trazemos um resumo a respeito de cada um dos regimes e algumas regras de classificação. Continue acompanhando.

Simples Nacional

Esse regime tributário foi feito para atender as micro e pequenas empresas. Suas vantagens são menores alíquotas de impostos e uma agenda tributária mais simples. O pagamento de impostos federais, estaduais e municipais é recolhido por meio de uma única guia. Os encargos previdenciários também estão inclusos neste pagamento. Saiba mais sobre o Simples Nacional.

Lucro Presumido

Esse regime é voltado para empresas com receita bruta anual de até R$78 milhões. Nesse regime, cinco tributos são calculados e declarados individualmente. Alguns são calculados com base na previsão do lucro do setor.

Ou seja, a variação ocorre apenas de um setor para outro, e não por questões da própria empresa.

Assim, todas as empresas daquele setor pagam o mesmo valor. Outros são calculados com base no faturamento da própria empresa. Confira tudo sobre o Lucro Presumido aqui.

Lucro Real

Regime voltado para empresas com renda bruta acima de R$78 milhões anuais. Também são declarados cinco tributos, individualmente. Alguns desses tributos são calculados com base no lucro líquido. O que significa que se a empresa não tiver lucro no período, estará isenta da tributação. Se tiver lucros muito altos, também terá carga tributária elevada. Confira mais características do Lucro Real.

Uma contabilidade especializada em redução de tributos pode fazer toda a diferença para seu negócio!

Todas essas regras para o cálculo de impostos podem confundir o empreendedor. Muitas pequenas e médias empresas acabam pagando tributos desnecessários por falta de conhecimento na legislação. Uma assessoria especializada em planejamento tributário para micro e pequenas empresas pode ser muito útil para a lucratividade de sua empresa.

Conte com o auxílio dos especialistas em contabilidade da Soluzione para lhe auxiliar nas questões fiscais!

Abertura de Empresas

Não corra o risco de inscrever sua empresa no regime errado ou não prever gastos com os quais terá de arcar por falta de conhecimento. A Soluzione pode lhe auxiliar desde o planejamento inicial até a própria abertura da empresa. Priorize sua economia tributária realizando a abertura de sua empresa com base em estudos de viabilidade para determinar a estrutura societária correta. Conte com especialistas para definir a classificação de sua empresa e o melhor regime tributário. Deixe a Soluzione conduzir todo o processo de abertura, desde a coleta de informações e documentos até a emissão de sua primeira nota fiscal.

Assessoria Fiscal

Após a abertura de sua empresa, você precisará continuar lidando com questões fiscais. Mas isso não precisa ser um problema. Contando com a Assessoria Fiscal da Soluzione Contábil, você fica tranquilo quanto às questões tributárias. Além do planejamento e revisão tributárias, você ainda deixa toda a escrituração fiscal com nossos contadores. Todas as declarações e obrigações fiscais obrigatórias também podem ser feitas por nossos profissionais.

Conte com o apoio da Soluzione Contabilidade, especializada em Planejamento Tributário para micro e pequenas empresas. Entre em contato com nossos consultores e deixe a Soluzione apoiar o sucesso do seu negócio!

SUA SOLICITAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

Novo logo Tamanho Grande

FALE AGORA COM  NOSSOS CONSULTORES

SUA SOLICITAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

Um consultor entrará em contato via Whatsapp, assim que receber a mensagem. Obrigado!

O treinamento Empresário Inquebrável foi desenvolvido pensando no Pequeno e Médio empreendedor que ainda não consegue dominar todas as áreas do empreendedorismo.

Open chat