Você sabe como Montar uma Clínica de Podologia?

Montar uma clínica de podologia, como toda área da saúde e estética, requer um cuidado muito rigoroso quanto a qualidade dos serviços e produtos que a empresa vai oferecer. Entretanto, apenas esses fatores não garantem que a clínica realmente tenha lucratividade e crescimento

Fazer a abertura de uma clínica de podologia requer também conhecimento legal, tributário e financeiro, para que todos os procedimentos sejam bem executados e seu consultório tenha crescimento sustentável a longo prazo.

Por esse motivo, um contador ou um serviço de contabilidade especializado em clínicas de podologia não pode faltar em nenhuma etapa dos processos.

Você quer descobrir como abrir seu consultório de podologia com facilidade? A Soluzione Contábil analisou as particularidades desse ramo e separou as principais questões que você deve fazer. Acompanhe esse artigo!

 

Pessoa Física x Pessoa jurídica

Contabilidade para clínicas de podologia

O objetivo de qualquer negócio é pagar o mínimo de tributos para poder alcançar o maior lucro possível, certo? Nesse sentido, antes de montar sua clínica de podologia, é importante verificar junto a um contador as escolhas das tributações que se adequem a empresa.

O primeiro passo é definir se você irá atuar como pessoa física ou pessoa jurídica. Na pessoa física, você precisará declarar anualmente todos os seus rendimentos à Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF), onde estará sujeito a tributações de até 27,5%. No entanto, você também pode deduzir algumas de suas despesas operacionais em seu carnê leão.

Na pessoa jurídica, existem alguns tipos de sociedades que irão definir suas responsabilidades como sócio e empresário diante da empresa. São elas:

 

Tributação após a abertura da clínica de podologia

Para os profissionais que pretendem montar uma clínica de podologia na pessoa jurídica, é comum possuírem diversas dúvidas quanto ao regime tributário.

Mas afinal, o que é regime tributário?

Em resumo, ele estabelece e regulariza o percentual das tributações e alíquotas do seu consultório. Em outras palavras, é o que vai definir se você vai pagar mais impostos do que deve, ou vice-versa. Atualmente, existem três principais regimes de tributação. Vamos explicar sobre cada um deles:

 

Lucro Presumido

O regime do Lucro Presumido possui percentuais fixos de alíquota, que varia de acordo com cada segmento. Para a abertura de uma clínica de podologia, os tributos federais girarão em torno de 11,33%, acrescentando também o ISS do seu município.

 

Lucro Presumido – Serviços
Tributos FederaisAlíquotasTributos MunicipaisAlíquota
IRPJ4,80%ISS2 a 5%
CSLL2,88%
COFINS3%
PIS0,65%
Total:11,33%2 a 5%
Resultado: Tributos de 13,33% a 16,33%

Lucro Real

No Lucro Real, a tributação se baseia com seu lucro líquido obtido no período. Ou seja, se você não faturar muito, também não será tributado em grande quantidade. Entretanto, por conta da alta complexidade e alíquotas elevadas, o regime é apropriado somente para clínicas de grande porte.

 

Simples Nacional

Por fim, no programa do Simples Nacional, se suas despesas trabalhistas forem abaixo de 28%, você poderá iniciar suas atividades com uma baixa carga tributária de 6%, devido ao Fator R.

Por sua vez, esse regime unifica seus impostos federais, estaduais e municipais, sendo recomendado para pequenas clínicas, pois o optante deverá faturar até R$4,8 milhões por ano para continuar no regime.

 

Receita Bruta Total em 12 mesesAlíquotaValor a deduzir
Até R$ 180.000,006%0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,0011,2%R$ 9.360,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,0013,5%R$ 17.640,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,0016%R$ 35.640,00
De R$ 1.800.000,01 a R$ 3.600.000,0021%R$ 125.640,00
De R$ 3.600.000,01 a R$ 4.800.000,0033%R$ 648.000,00

 

Entretanto, o auxílio de um contador é necessário para que ele possa verificar sobre o melhor regime de tributação para sua clínica de podologia. Dessa forma, você garante sua segurança tributária!

 

O que fazer para montar sua clínica de podologia?

montar sua clínica de podologia

O primeiro passo para abrir seu consultório de podologia é ter um contador ou uma consultoria contábil para acompanhar você em todos os processos.

Confira junto a sua prefeitura se o local escolhido está disponível para ser utilizado. Nessa avaliação, vão verificar se o ambiente está apto para que você possa realizar suas atividades sem problemas.

Após isso, se você for atuar como pessoa jurídica, é necessário retirar seu contrato social numa junta comercial ou cartório da sua cidade. Com esse documento, é possível elaborar também seu CNPJ pela Receita Federal.

Em seguida, novamente passando pela prefeitura, você deve se registrar no cadastro municipal e solicitar o alvará de funcionamento. Esse documento deve ser obtido também pela pessoa física, para comprovar que sua clínica está apta para funcionar normalmente.

Por fim, também é necessário se registrar em alguns órgãos obrigatórios, como o CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde), e o Cadastro Estadual de Vigilância Sanitária, além de outras licenças específicas do ramo de podologia.

Se você quer se aprofundar um pouco mais sobre esse assunto, entre em contato conosco! A Soluzione Contábil é um escritório de contabilidade com foco no ramo da saúde. Conhecemos a dificuldade desses profissionais ao montarem seu consultório de podologia.

Por conta disso, oferecemos serviços qualificados para que você consiga abrir seu consultório de podologia sem esforços!